quarta-feira, 30 de novembro de 2016



Senadores do Maranhão votam a favor da PEC do teto dos gastos

João Alberto (PMDB), Edison Lobão (PMDB) e Pinto Itamaraty (PSDB) são a favor da contenção de gastos públicos
                              Resultado de imagem para Fotos do senadores lobão joão alberto e pinto da itamaraty
SÃO LUÍS - O Senado aprovou na terça-feira (29) em primeiro turno o texto-base da proposta de emenda à Constituição (PEC 55/2016) que estabelece um teto para os gastos públicos nos próximos 20 anos. Foram 61 votos favoráveis e 14 contrários. Os senadores se revezaram com discursos favoráveis e contrários à proposta durante sete horas no Plenário. Os três senadores maranhenses no exercício do mandato – João Alberto (PMDB), Edison Lobão (PMDB) e Pinto Itamaraty (PSDB) – votaram a favor da proposição. Após a análise de destaques apresentados pela oposição para fazer mudanças no texto — todos eles rejeitados — a sessão foi encerrada à 0h35 da quarta-feira (30). A votação em segundo turno da PEC do Teto de Gastos está programada para 13 de dezembro.
A partir das 14h manifestantes começaram a ocupar o gramado em frente ao Congresso Nacional, que ficou completamente tomado uma hora depois, com mais de dez mil pessoas. A maior parte delas protestando contra a PEC do Teto de Gastos, ou "PEC da Morte" — como se lia em alguns cartazes —, contra a reforma do ensino médio e pedindo "Fora Temer".

Justiça suspende fechamento de agências do Banco do Brasil no MA

Decisão foi baseada em uma Ação protocolada pelo o Procon-MA.
Banco Brasil anunciou fechamento de 13 agências no Maranhão.

Acesso aos terminais de autoatendimento é normal para clientes (Foto: Zeca Soares/G1)Banco do Brasil anunciou o fechamento de 13 agências no estado do Maranhão  (Foto: Zeca Soares/G1)













A Justiça do Maranhão deferiu nesta terça-feira (29), liminar em Ação Civil Pública (ACP) por meio da qual o Instituto de Proteção e Defesa do Consumidor do Maranhão (PROCON-MA) pede a suspensão do fechamento de 13 agências bancárias no Maranhão. A Ação foi protocolada na Vara de Interesses Difusos e Coletivos em São Luís após decisão do Banco do Brasil (BB) de que 402 agências e 31 superintendências teriam suas atividades encerradas, além de 379 agências serem transformadas em postos de atendimento em todo o país.
No Maranhão, o Banco do Brasil anunciou o fechamento de 13 agências, sendo que cinco serão fechadas e outras oito serão transformadas em postos de atendimento.
Na liminar, o juiz titular da Vara, Douglas Martins, determina o pleno funcionamento de todas as atuais agências no Estado, abstendo-se, ainda, de reduzi-las a postos de atendimento.
Ainda segundo a decisão judicial, os bancos deverão apontar quais os serviços deixariam de ser prestados nos postos de atendimento e quais continuarão sendo oferecidos, além de informar quais providências estão sendo ou foram tomadas para não gerar impacto negativo aos consumidores e apresentar o quantitativo de funcionários, atendimentos realizados em 2016 e clientes das agências que serão reestruturadas no estado do Maranhão.

Outro fator que levou ao ingresso da ACP é o descaso constante da instituição com os consumidores demonstrado nos relatórios das fiscalizações realizadas pelo Procon. Somente de abril a junho de 2016, o referido banco lucrou exatamente R$ 2,46 bilhões, comprovando que a atual crise por qual passa o país não atingiu as instituições financeiras. O lucro dos bancos, inclusive, supera o lucro de todos os outros setores da economia brasileira juntos.O Procon reconhece diversas afrontas aos direitos dos consumidores maranhenses. O principal deles diz respeito à alteração unilateral do contrato, ou seja, o descumprimento do serviço essencial por parte da instituição bancária, sem qualquer consulta aos correntistas das agências.

Segundo o presidente do Procon-MA e diretor dos Procons no Nordeste, Duarte Júnior, o Banco do Brasil age de forma paradoxal aos grandes lucros. “Confiamos na justiça e não aceitaremos retrocesso. Chama-se atenção para o fato de que mesmo com lucros bilionários, o Banco do Brasil prefere fechar agências do que investir na melhoria e humanização do atendimento. Temos pleno conhecimento que o princípio da livre iniciativa é essencial para a ordem econômica, assim como os direitos básicos do consumidor, ambos com previsão expressa no art. 170 da Constituição Federal/1988. Logo, vamos continuar atuando de forma técnica e não admitiremos sobreposição e retrocessos aos direitos e garantias sociais previstos constitucionalmente”, afirmou.
Para o presidente do Sindicato, Eloy Natan, a decisão judicial fortalece a luta contra a reestruturação do Banco do Brasil.
O G1 entrou em contato com a assessoria do Banco do Brasil e aguarda um posicionamento da instituição a cerca da decisão judicial.
FONTE: G1 MARANHÃO

sexta-feira, 26 de junho de 2015

Câmara Municipal de Lago do Junco-MA reprova prestação de conta do ex-prefeito Haroldo Léda


                                                           Inicio da Sessão

Hoje 26 de junho de 2015, em sessão ordinária na Câmara Municipal de Lago do Junco, os vereadores reprovaram a prestação de conta do ex-prefeito Haroldo Léda, referente ao exercício de 2009. Sendo que foram 6 votos a favor da reprovação sendo os vereadores, Jair Alves, José Leopoldo, Zé Wilson, Romildo Duarth, Sérgio Lois e Fábio Arruda, e 3 votaram contra a reprovação sendo, Joaci Vieira, Zezé Nunes e Josa Arruda.

Jair Alves ao termo da Sessão

Contador da Câmara e vereados que votaram a favor da reprovação

terça-feira, 16 de junho de 2015

Morre o comentarista esportivo Herbert Fontenele

Herbert Fontenele tinha 73 anos e encontrava-se hospitalizado no Hospital UDI em São Luís, em razão de um câncer de próstata

Herbert Fontenele

Morreu no início da manhã desta terça-feira, dia 16, um dos mais importantes comentaristas esportivo do Maranhão, o jornalista Herbert Fontenele, 73 anos. Ele encontrava-se hospitalizado na UTI do Hospital UDI em São Luís. O jornalista lutava contra um câncer de próstata há 5 anos, e participou de um tratamento ainda experimental.
O comentarista esportivo deu entrada na noite do domingo, dia 14, no Hospital UDI, após sentir fortes dores. Com passagens por vários veículos de comunicação no Maranhão, o piauiense Fontenele passou pelo jornal O Imparcial na década de 70, onde trabalhou como repórter. Atuava na TV Mirante comentando sobre o esporte nacional e local, e também apresentava o programa “Fontenele Comenta” na Rádio Mirante AM, veículo do qual foi um dos fundadores. 
Herbert Fontenele foi secretário de esporte municipal de São Luís por duas vezes. Foi comentarista dos canais Premiere, por conta da passagem do Sampaio na Série B, time do qual era torcedor fiel e apaixonado.
Na última sexta-feira, dia 12, Fontenele trabalhou normalmente na transmissão da partida entre o Sampaio e Criciúma.
Um dos últimos desejos à família, Herbert Fontenele pediu para ser cremado.
 
Fonte: O IMPARCIAL

terça-feira, 2 de junho de 2015

Prefeitura de Lago do Junco entra 50 unidades habitacionais a população!

No ultimo dia 30 de maio de 2015, a prefeitura municipal de Lago do Junco-MA, na pessoa do Prefeito Osmar Fonseca, fez a entrega de 50 unidades habitacionais a famílias carentes do Riachão e Centro dos Pastores, na solenidade entrega dessas unidades habitacionais estiveram presentes o Prefeito Osmar Fonseca, a primeira-dama Edina Fontes, Vereadores, secretários de governo, lideranças politicas de Lago do Junco e região, sociedade civil e do nosso ilustríssimo deputado estadual Josimar de Maranhãozinho.
Essas 50 unidades habitacionais fazem parte de um conjunto de 200 unidades habitacionais que o prefeito Osmar Fonseca conseguiu através do Programa Nacional de Habitação Rural (PNHR), com o apoio do dep. Federal Zé Carlos e do dep. Estadual Josimar de Maranhãozinho.











terça-feira, 26 de maio de 2015

   População pede Olavo Fonseca em Lagoa Grande

O Jovem Empresário carismático ganhou a confiança da população de Lagoa Grande do Maranhao, esse fim de semana Olavo chegou em Lagoa Grande com força total, estava com uma comitiva grande e com assessores de articulações políticas da região e saíram visitando lideranças e famílias da cidade, além dessa programação foram no povoado de Joselandia a convite de amigos .
 
 Por já ter raízes política em Lagoa Grande como seu Avô Jose Ponciano e seu Tio Osman Fonseca  o povo já pede Olavo Fonseca para ser candidato a prefeito, pois também sabem do trabalho que o Dr Osmar (pai de Olavo) esta fazendo no município próximo(Lago do Junco-MA).O pai que é prefeito de Lago do Junco e muito conhecido na Lagoa Grande como uma Grande Liderança deve ir a cidade nos próximos meses, conforme comentários dos assessores de Olavo.

“Nos já conhecemos a família e sabemos do trabalho e compromisso que o Dr Osmar teve pela Lagoa Grande e que hoje esta fazendo pelo Lago do Junco. Dr Osmar  fez a campanha do seu Man e foi a peça fundamental na campanha. Nos temos grande admiração e respeito por esse homem..”  fala um eleitor da Lagoa Grande
 

 

 

 

quinta-feira, 21 de maio de 2015


Durante depoimento ex- prefeito de Bacabal nega participação em crimes de agiotagem

Ex prefeito Raimundo Lisboa e ex vereadores da cidade de Bacabal são presos pela polícia cívil. 
 
 O ex-prefeito de Bacabal, Raimundo Lisboa, será confrontado com outros envolvidos nos crimes de agiotagem investigados no Maranhão. Ele foi ouvido na tarde desta quarta-feira, 20, pela equipe de delegados que investiga o caso, e após mais de cinco horas de interrogatório negou qualquer participação nos crimes. “Como ele negou todas as suspeições imputadas, vamos realizar uma acareação para ver quem está falando a verdade”, disse Roberto Fortes, presidente da comissão de delegados da Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic). O interrogatório iniciou às 15h e encerrou por volta das 20 horas.
A acareação está marcada para esta quinta-feira 21, segundo informou Roberto Fortes. Lisboa - que foi presidente da Federação dos Municípios do Maranhão (Famem) entre 2004 e 2012 – foi preso na terça-feira. Ele cumpre prisão temporária de cinco dias, podendo haver prorrogação. O prefeito é suspeito, entre outros, pelos crimes de peculato, formação de quadrilhas e desvio de verbas e recursos públicos. As investigações seguem com os interrogatórios de suspeitos e as acareações. Mais quatro pessoas ligadas à prefeitura de Bacabal tiveram a prisão decretada: Manoel Moura Macedo, Francisco de Jesus Silva Soares, Maria do Carmo Xavier, Ezequiel Farias e Aldo Araújo Brito (ex-presidente da comissão de licitação do município).
 
Mais prisões
Outros presos pela operação foram os prefeitos Edvan Costa (Marajá do Sena), Richard Nixon (Bacuri); ex-prefeito de Marajá do Sena, Perachi Roberto Farias; ex-prefeito de Zé Doca, Raimundo Nonato Sampaio; o contador José Epitácio Muniz; e o empresário Josival Cavalcante da Silva, conhecido como Pacovan. Eles tiveram a prisão temporária prorrogada por mais 10 dias, a pedido da polícia e do Ministério Público. As prisões ocorreram no começo deste mês, como parte das operações Maharaja e Morta Viva, que assim como a Imperador e El Berite, investigam crimes de agiotagem no Maranhão. Pela operação Imperador, chegaram a ser presos, em 11 de março, ainda a ex-prefeita de Dom Pedro, Arlene Barros, e o filho, Eduardo Barros. Ele foi apontado como líder de um grupo de agiotagem no município.
Agiotagem
As investigações do crime de agiotagem no Maranhão tiveram início em 2012, motivadas pelo assassinato do jornalista Décio Sá. Ele teria sido morto por fazer postagens em seu blog, denunciando um grupo de empresários. Foram presos como mandantes da morte do jornalista José Miranda e Glaúcio Alencar, pai e filho, que também foram acusados de comandar os esquemas de agiotagem. A investigação foi apelidada de Detonando, em referência ao jornalista que era apelidado de Detonador, pelas postagens denunciativas em sua página. As atuais investigações em curso – Morta Viva, Imperador e Maharaja – são resultado da Operação Detonando.

 

Fonte: O Imoparcial